Pegadas na Areia

Pegadas na Areia

08/10/2019 Off Por Roberio

PEGADAS NA AREIA

A vida é um sonho permanente…

Sonhei que andava a passear na praia e, no céu, passavam cenas da minha vida e após cada cena que passava, percebi que ficavam marcadas na areia duas pegadas longas, ao lado das minhas.

Não vi ninguém. Não ouvi ninguém.

Apenas me entrou na alma a voz do Senhor dizendo-me que as pegadas eram Suas, porque seguia comigo em todas as horas.

Quando a última cena da minha vida passou diante de mim, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver.

– Senhor! – gritei com aflição.

Porque me abandonaste?

Tu disseste-me que, uma vez que resolvi seguir-Te, Tu andarias sempre comigo, em todos os caminhos. Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque é que, nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixa-te sozinha.

O Senhor respondeu-me com amor:

– Minha querida filha, jamais te deixaria nas horas de prova e sofrimento.

Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exactamente aí que peguei em ti ao colo para aliviar teu sofrimento e enxugar tuas lágrimas…

E eu continuei a caminhar confiadamente…

Adaptado do poema original “Eu Tive Um Sonho” de Margaret Fishback Powers