Deus do fogo e do trovão. Diz a tradição que foi rei de Oyó, cidade da Nigéria. É viril, violento e justiceiro. Castiga os mentirosos e protege advogados e juízes.

ORAÇÃO A XANGÔ:

Kaô meu Pai, Kaô O Senhor que é o Rei da Justiça, faça valer por intermédio de seus doze ministros, a vontade Divina, purifique minha alma na cachoeira. Se errei, conceda-me a luz do perdão. Faça de seu peito largo e forte meu escudo, para que os olhos de meus inimigos não me encontrem. Empresta-me sua força de guerreiro, para combater a injustiça e a cobiça. Minha devoção ofereço. Que seja feita a justiça para todo o sempre É meu Pai e meu defensor, conceda-me a graça de receber sua luz e de receber sua proteção. Kaô meu Pai Xangô, Kaô!