Nanã

Deusa da lama e do fundo dos rios, associada à fertilidade, à doença e à morte. É a orixá mais velha de todos e, por isso, muito respeitada.

Oração a Nanã:

Saluba, Senhora dos Pântanos. Rainha das profundezas, mãe de tudo que é ancestral. Nós, que carinhosamente a chamamos de vovó, pedimos sua bênção e proteção. Eu venho particularmente pedir-lhe (faça o pedido). Que a Senhora dê a mim o que for do meu merecimento. Acima de tudo Proteja-me! Dê-me a consciência de que eu sou a continuação de tudo o que já existe, de que eu tenho a força dos meus ancestrais e por isso vencerei. Não deixe mãe e avó, que o mal e as pragas cheguem até mim. Pelo seu Santo nome, Senhora de Santana, que assim seja.